Página:Contos Tradicionaes do Povo Portuguez.pdf/322

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


PARTE II

———

HISTORIAS E EXEMPLOS DE THEMA TRADICIONAL

E FÓRMA LITTERARIA

——————


126. O REY LEIR

Quando foi morto rey Balduc o voador reynou seu filho que ouve nome Leyr. E este rey Leyr nom ouve filho, mas ouve tres filhas muy fermosas e amavaas muito. E huum dia ouve sas razoões com ellas e disselhes — Que lhe dissessem verdade quall dellas o amava mais. Disse a mayor — Que nom avia cousa no mundo que tanto amasse como elle. E disse a outra — Que o amava tanto como ssy meesma. E disse a terçeira, que era a meor — Que o amava tanto como déve d'amar filha a padre.

E elle quislhe mall por em, e por esto nom lhe quis dar parte no reyno. E casou a filha mayor com o duque de Cornoalha, e casou a outra com rey de Testia; e nom curou da meor. Mas ella por sa ventuira casousse melhor que nenhuma das outras, ca se pagou della elrrey de França e filhoua por molher. E depois seu padre della em sa velhiçe filharomlhe seus gemrros a terra e foy malladamte, e ouve a tornar aa merçee delrey de França e de sa filha a meor a que nom quiz dar parte do rreyno. E elles reçeberomno muy bem e deromlhe todas