Página:Contos Tradicionaes do Povo Portuguez.pdf/382

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


e bom tratamento d'elles, porque eram para levar a ElRey. Dos quaes pagens era este mancebo um d'elles; e um dos outros, tanto que subiu na figueira, desejoso de comer dos figos se poz a isso comendo os melhores que achava. O outro pagem poz-se a encher seu açafate, tendo o olho emquanto lhe vinha ter á mão algum muito fermoso que lhe contentava mais, este comia. Este nosso pagem de que tratamos, tanto que trepou na figueira, com grande deligencia buscou como encher seu açafate de muitos bons figos limpos e maduros, tendo diante dos olhos que este era o gosto de seu senhor, que os havia de mandar a elrey. Todos os tres açafates foram bem recebidos, e logo se viu a ventagem que o d'este pagem tinha ao soutros, e foi descoberto o caso que aconteceu no apanhar, pelo que o mestre-sala delrey o pediu áquelle cidadão com quem estava, o qual pelo aproveitar lh'o deu, e o moço se soube dar tal manha em seu serviço e com tanta verdade, que elrey de o saber e de que vêr levou muito gosto e não queria ser servido por outrem senão por elle, quando o mestre-sala era ausente.

Mandou elrey para fóra do reino ao mestre-sala com um carrego honroso, e mandou que até elle tornar servisse em seu carrego aquelle mancebo, o qual o fez, tendo tão boa ordem no serviço do officio, que elRey estava muito satisfeito. E tanto que vindo novas que era morto o mestre-sala d'onde fôra, a este deu o officio, e foi tal, que mereceu que elrei o fizesse mordomo da casa da rainha. E querendo ir aforrado visitar seu reino, e prover algumas coisas d'elle, o deixou onde ficava a rainha, servindo-a n'este cargo em que esteve até que elrey tornou. Como nunca faltam mãos, foi este mordomo-mór mexericado com elrey, de maneira que com falsas informações o indignaram tanto contra elle, que sendo como era muito leal, affirmaram contra sua pessoa que era trédor, e isto dito por palavra e per pessoa, que elrey creu que seria verdade. E porque de todos era bemquisto,