Página:Contos Tradicionaes do Povo Portuguez.pdf/434

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


gação, vieram os parentes de hum dos justiçados e o furtaram. Vindo depois o soldado, e não achando o corpo na forca, temendo o castigo, veyo dizel-o muy triste á viuva, a qual o consolou e remediou logo, tirando o corpo de seu marido defunto, pelo qual havia feito tantos extremos, e o puzeram na forca em lugar do justiçado.

(P. João Baptista de Castro, Hora de Recreyo nas ferias de mayores estudos, Centuria I, n.º 79. Lisboa, 1770.)