Página:Contos Tradicionaes do Povo Portuguez.pdf/441

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Diz agora elle:

«Ora cala-te tu,
Que ahi vem meu irmão Março,
Que dos oito ficarão quatro.

(Foz.)




Fevereiro
Enganou a mãe
Ao soalheiro.

(P. Delicado.)



194. LENDA DE SALOMÃO

O rei Salomão era tão esperto que mesmo de cima de uma palheira sabia vêr tudo o que ha por esses céos além. Vae de uma vez a mãe tirou-lhe a palheira debaixo dos pés, quando elle estava a vêr as estrellas, e elle parou a fallar comsigo:

— Temos cousa! Ou o céo se arredou, ou a terra se afundou.

(Açores.)



195. LENDA DO CHORÃO

O chorão protestou com Deus que havia de chegar ao céo. O Senhor disse-lhe, que nunca lá havia de chegar, porque quanto mais crescesse mais havia de virar para o chão.

(Famalicão.)