Página:Contos Tradicionaes do Povo Portuguez.pdf/442

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


196. LENDA DA LENHA

Quando se queimava a lenha ella gritava; foi por isso que o Senhor lhe tirou a falla para não commover a gente.




197. LENDA DA OVELHA

No principio do mundo, a ovelha fallava. Ella estava presa, mas queria que lhe abrissem a porta, porque tinha chegado Março e já havia que comer; e disse então:

No Março, onde quer eu passo;
No Abril, abre a porta e deixa-me ir;
Em Maio, onde quer eu caio.




198. LENDA DO CÃO

O cão pediu ao lobo para o ensinar a uivar. E o lobo pediu-lhe que o ensinasse a farejar. O lobo ensinou-o a uivar, mas quando lhe pediu que o ensinasse a farejar, o cão disse:

Se te eu ensinasse a farejar
Á cama me ias matar.

(Guarda.)




199. LENDA DA SERPENTE, DO SAPO E SARDÃO

No principio fallava a serpente, o sardão, o sapo, etc. Deus perguntou-lhes, se queriam ter pernas e não fallar.