Página:Contos Tradicionaes do Povo Portuguez.pdf/451

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


ria amaldiçoou então a ovelha, ficando esta sempre condemnada a berrar.

(Famalicão.)




221. NOSSA SENHORA E A SOLHA

Estando Nossa Senhora á beira do rio, viu uma solha e perguntou-lhe:

— Oh solha! a maré enche ou vasa?

A solha pôz a bocca á banda, e repetiu com escarneo:

— Oh solha, a maré enche ou vasa?

Nossa Senhora disse:

— Assim fiques sempre com a bocca á banda.

(Foz e Porto. — Ap. Positivismo, t. IV, p. 225.)




222. A ROMARIA DA ABBADIA

Deus mandou a Senhora para o deserto, e ella não queria ir. Deus disse-lhe então:

— Vae, Maria. Todas as romarias hãode renovar e acabar, e a tua hade ficar.

(Famalicão.)




223. LENDA DAS GIESTAS



Quando Christo veiu ao mundo, foi procurado pelos Judeus para o matarem, e como estes o vissem entrar para uma casa, collocaram-lhe á porta um ramo de giesta, afim de no dia seguinte o prenderem. N'esse dia, po-