Página:Contos Tradicionaes do Povo Portuguez.pdf/453

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


226. LENDA DE NOSSA SENHORA

A Virgem passava por um campo de trigo e perguntou aos lavradores:

— Que semeaes?

— Semeamos pedras.

— Pedras vos nasçam. D'aqui a trez dias vinde quebrar os penedos.

E continuou a andar. Logo ao outro dia o campo appareceu coberto de penedos.

Chegou a outro campo, onde andava outra sementeira.

Perguntou:

— Que semeaes?

— Trigo.

— Trígo vos naça. D'aqui a tres dias vinde segal-o.

D'ali a tres dias vieram os Judeus e perguntaram aos lavradores:

— Vistes aqui passar uma mulher com um menino, a cavallo n'uma jumentinha?

— Vimos. Andavamos nós a semear este trigo.

— Ah! isso então já foi ha muito. Podemos ir embora.

Assim escapou a Virgem.

(Id. ibid.)




227. A SUBMERSÃO DAS CIDADES

Na ilha de S. Miguel existe uma lagôa das Sete Cidades. A tradição da submersão de cidades em lagos é frequente na peninsula hispanica, explicando-se pela seguinte fórma:

Nossa Senhora foi á Cidade de Valverde vestida de pobre pedir esmola; como a trataram com crueza, Valverde afundou-se na lagôa do Carregal.

(Galliza.)