Página:Da França ao Japão (1879).djvu/69

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
56
DA FRANÇA AO JAPÃO

Entretanto, algumas horas antes de entrarmos no porto de Ponta de Galles começaram a desenhar-se a nossos olhos, as bellas costas de Ceylão que pelos seus coqueiros e palmeiras recordou-nos a patria.

Apenas á vista do porto, o Ava parou a espera do pratico que o devia conduzir entre os arrecifes que por entre os cimos das vagas apparecem, ouriçando-se do fundo do mar.

Alguns minutos depois, o pratico entrou a bordo, com o pé direito, o que contrariou os apostadores pelo pé esquerdo; e, emquanto se liquidavão as apostas cujo resultado dependia da maior ou menor aptidão de um dos pés do velho marinheiro em galgar o bordo, elle, depois de engulipar boa dóse de vinho, tomou a direcção do navio, e regularisando-lhe a marcha e sem desvial-o de um metro, o dirigio pelo centro do estreito canal praticado entre os arrecifes.

Lançada a ancora, podemos admirar o deslumbrante panorama que se desenrolava aos nossos olhos, e, ainda que já habituados as bellas paisagens que formão uma luxuriante vegetação no Brazil, quando illuminadas, pelos ardentes raios do brilhante sol; não podiamos comtudo, desdenhar o bello espectaculo desta natureza sempre prodiga em dispensar mil attractivos que encantão a vida.

Esses milhares de bellos coqueiros que adornão a entrada do porto de Ponta de Galles, as baixas palmeiras de um verde puro, que marginão toda a costa e rodeão elegantes construcções, em cujo meio, saliente, se vê a fortaleza ingleza; formavão em seu conjuncto, um contraste bem accentuado com o aspecto triste e desolador das regiões africanas que acabavamos de visitar.

Exteriormente, Ceylão nos interessou, e, animados pela sua bella vista, pensavamos nas surprezas que em terra nos esperavão; por isso, sem perda de tempo, embarcamo-nos no primeiro escaler que partio de bordo com as malas, graças ao convite obsequioso do agente do correio.

Apenas o pé em terra, corremos ao melhor hotel da cidade para tomarmos a primeira refeição do dia, porém, depois de alugarmos um carrinho, bastante ligeiro e geitoso para nos