Página:Descrição de uma viagem a Canudos.pdf/78

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
52
Martins Horcades



fatigados pelas innumeras e consecutivas noites que perdiam. Immediatamente foi dado em detalhe do dia o meu desligamento pelo que eu ahi fiquei, morando então com os distinctos e bons collegas João Pondé e Pedro Albernaz.

O hospital tinha muitos doentes e feridos e o serviço estava dividido em quartos que principiavam ás 6 horas da manhã e iam até o outro dia, ficando quem estivesse de quarto obrigado a estar á testa de todo o serviço, quer de noite quer de dia. Felizmente o colleguismo ahi foi extraordinário e a toda prova, tal o criterio de Ernesto Teixeira, Francisco Mangabeira, Josephino de Castro, Epaminondas Gouveia e Joaquim Xavier. Só havia tres medicos militares no hospital e nove acadêmicos.

E’ indispensavel registrar o esforço de todos os collegas, especialmente Pondé, Albernaz e Victor, durante as operações, assim como Adolpho Vianna, Appio e Aristarcho Dantas na quadra do termino de