Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/136

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


- Almanak administrativo, civil e industrial da provincia de Minas-Geraes para o anno de 1865. Ouro Preto, 1864 - Não me consta que oautol' publicasse outro antes do

- Almanak administrativo, civil e industrial da provincia de Minas-Geraes para servir do anno de 1869 a 1870, organizado e redigido em virtude da lei provincial n. 1447 de 10 de janeiro de 1868. 3ª anno. Rio de Janeiro, 1870, 561 pags.


Antonio Attico de Souza Leite - Nasceu na villa do Triumpho, comarca de Flores, na provincia de Pernambuco; foi ahi deputado á assemblea provincial, e tendo obtido a necessaria provisão, exerce a profissão de advogado.

Escreveu:

- Memoria sobre a pedra-bonita ou reino encantado ná comarca de Villa-Bella, provincia de Pernambuco. Rio de Janeiro, 1875, 80 pags. in-8.º


Antonio Augusto de Araujo Torreão - Filho do desembargador Basilio Quaresma Torreão e de dona Josepha de Araujo Torreão, nasceu em Pernambuco a 25 de março de 1845 e falleceu a 11 de junho de 1865.

Completara o curso da academia de marinha em 1863; promovido a guarda-marinha, foi à Europa em viagem de instrucção, e apenas de volta ao Brazil marchou para a guerra do Paraguay, fazendo parte da força do vapor Mearim. No memoravel combate de Riachuelo se achava Torreão, e vendo cahir ferido o chefe de uma peça, elle impavido o substitue, e quasi no mesmo instante é do mesmo modo ferido por uma bala, e expira, murmurando patria...

Era muito dedicado ás bellus lettras e à musica, e escreveu:

- O matuto na côrte: comedia em um acto. Rio de Janeiro, 1863 – Escrevera-a seu autor ainda estudante na academia.


Antonio Augusto Botelho - E' natural da provinciada Bahia, segundo official do publico, judicial e notas e official do registro geral das hypothecas da cidade da Limeira, na provincia de S. Paulo.

Escreveu:

- Formulario das acções summarias, processadas perante os juizes de paz e municipaes. S. Paulo, 1881.

- Formulario das acções de demarcações e divisões das terras agrarias. S. Paulo, 1882.

- Roteiro dos escrivães e tabelliães. Rio de Janeiro, 1882, 679 pags, in-8º e mais 7 do indice - Contém decretos, regulamentos, etc. relativos a essa classe de serventuarios e de interesse para elles, tudo devidamente annotado.