Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/169

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Antonio da Costa, 2° — Filho do cirurgião Antonio da Costa e de dona Gertrudes Mathilde da Silva e Sá, nasceu na cidade do Rio de Janeiro a 15 de março de 1816, e falleceu a 1 de julho de 1860.

Matriculando-se em 1831 na escola medico-cirurgica, seguiu para a França em 1833; ahi fez todo curso e recebeu o grau de doutor em medicina em 1837 na universidade de Montpellier; e voltando á patria em 1838, defendeu these perante nossa faculdade, e firmou sua residencia no Rio de Janeiro, alcançando em pouco tempo a bem merecida reputação de insigne operador, ao lado do venerando Jdoutor Manoel Feliciano Pereira de Carvalho, o Dupuytren brazileiro. Em 1855 fez uma excursão pela Europa, d'onde regressou no anno seguinte.

Era cirurgião honoraria de sua magestade o Imperador, cirurgião dos hospitaes da Misericordia, da ordem terceira do Carmo e da ordem da Penitencia; medico da sociedade~franceza de Beneficencia, e da legação da França; membro do instituto historico e geographiço do Brazil, da imperial academia de medicina, da sociedade anatomica de Paris, da de sciencias medicas de Lisboa, e de outras; commendador da ordem de Christo; cavallero da do Cruzeiro; cavalleiro da Legião de Honra da França e das ordens de Christo e de N. S. da Conceição da Villa-Viçoza, de Portugal, e escreveu:

Proposições sobre os estreitamentos do canal da uretra: these para verificar seu diploma. Rio de Janeiro, 1843.

Dezeseis annos de clínica cirurgica no Brazil. Rio de Janeiro, 1854 — Este livro, em que o autor faz a historia da cirurgia no Brazil, mencíonando os progressos del1a, a partir de 1808 e traz á publicidade curiosos e importantissimos factos de sua clinica cirurgica de dezeseis annos, foi por elle offerecido, em francez, á imperial academia de medicina de Paris.

Resecção completa do maxillar superior direito e parte do esquerdo, assim como de um dos ossos proprios do nariz e do vomer : operação pela primeira vez praticada no Brazil aos 20 de julho de 1858. Rio de Janeiro, 1859, 40 pags. com duas estampas.

Sei que o doutor Antonio da Costa publicou:

Trinta e duas memorias e obras diversas — em revistas medicas da França, das quaes sinto não poder dar neste momento uma noticia circumstanciada. A maior parte destes escriptos foi pelo autor offerecida à imperial academia de medicina de Paris em sua segunda viagem á Europa.


Antonio da Costa Duarte — Nasceu, segundo me consta, na capitania, depois provincia do Maranhão, no fim do seculo passado; foi presbytero do habito de S. Pedro, lente de grammatica philosophica da lingua portugueza e analyse dos classicos e escreveu

Compendio de grammatica portugueza para uzo das escolas de primeiras letras, ordenado, segundo as doutrinas dos melhores grama-