Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/173

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Antonio David de Vasconcellos Canavarro — Nascido na provincia do Pará a 24 de Agosto de 1828, sendo seus paes David Jacob Fernandes de Vasconellos e dona Theophila Alexandrina de Vasconcellos, falleceu em Manáus em fevereiro de 1882.

Começando o curso da faculdade de medicina da Bahia, o concluiu na do Rio de Janeiro e aqui recebeu o grau de doutor; foi por diversas vezes deputado á assembleia provincial do Amazonas, onde residia e exercera diversos cargos, como o de inspector de saude ; era cavalleiro da ordem da Roza e da de Christo ; socio da sociedade physico-chimica, da sociedade amante da instrucção, e do instituto episcopal religioso do Rio de Janeiro, e escreveu:

These apresentada e sustentada perante a faculdade de medicina do Rio de Janeiro em 24 de abril de 1856. Rio de Janeiro, 1856 — Versa sobre: Operações da fistula lacrimal. Operação do trepano. A phtisica pulmonar no Rio de Janeiro, suas causas e tratamento. Morte subita e precauções que se devem tomar antes de se proceder a uma autopsia juridica.

Relatorio acerca do cholera-morbus nas provincias do Amazonas, Pará, Alagoas e Rio Grande do Norte em 1855 e 1856, offerecido ao instituto historico e geographico brazilelro. Pará, 1857, 56 pags. in fol.

A monarchia constitucional e os libellos. Rio de Janeiro, 1860, 33 pags. iu-4º — O doutor Canavarro escreveu este opusculo, levado pela publicação de um pamphleto com o titulo « Os cortesãos e a viagem do Imperador » pelo bacharel José Joaquim Landolfo da Rocha Medrado, ao qual pamphleto tambem responderam Justiniano José da Rocha, dando a lume a Monarchia democratica, e o conego Joaquim Pinto de Campos, publicando Os anarchistas e a civilisação.

Oração necrologica dedicada ao anniversario da morte da senhora dona Estephania, rainha de Portugal, offerecida a sua magestade fidelissima o senhor d. Pedro V. Rio de Janeiro, 1860, 15 pags in-8.º

Itinerario da viagem que fez ao rio Negro a bordo do vapor de guerra, Pirajà, partindo de Manáos, até o logar denominado Chibarú, e d'ahi em diante em canôa á fronteira de Cucuhi. 1862- Inedito de 34 fls. in-fol. no instituto historico. Viajara então o autor como inspector de saude publica.


Antonio Deodoro de Pascual — Nascido em Castella-a-Nova, reino da Hespanha, em julho de 1822, depois de fazer em seu paiz os estudos de hummidades, e alguns outros de faculdades na Italia, na França e na Allemanha, tendo feito excursões por estes paizes e por outros da Europa e da America, veiu firmar sua resideneia no Rio de Janeiro em 1852, aqui naturalisou-se cidadão brazileiro, e falleceu em 1874 ou 1875.