Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/195

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Manual do aprendiz artilheiro, approvado pela commissão de melhoramentos do material do exercito para ensino dos corpos de artilharia e do deposito de aprendizes artilheiros por aviso do ministerio da guerra de 21 de setembro de 1870, Rio de Janeiro, 1870, com 97 figuras em oito folhas desdobraveis.

Manual do soldado de infantaria, extensivo ao soldado de artilharia e de cavallaria. Rio de Janeiro, 1872, com diversas figuras, etc.


Antonio Francisco Dutra e Mello - Filho de Antonio Francisco Dutra e Mello e de dona Antonia Roza de Jesus Dutra, nasceu na cidade do Rio de Janeiro a 8 de agosto de 1823 e falleceu a 22 de fevereiro de 1846.

Com poucos annos de idade perdendo seu pai, e ficando extremamente pobre, pôde com os maiores sacrificies de sua triste mãi entrar em um collegio, e com tal applicação estudou, que aos dezesete annos já sabia diversas linguas, e todas as materias que entram n'um cursa completo de humanidades, e ja leccionava algumas. Alguns amigos então, entre elles o director do collegio, o animavam a matricular-se n'alguma das academias do imperio, cotizando-se elles para este fim; mas Dutra e Mello nunca pôde annuir, porque, dizia elle, era preciso pedir ao trabalho diario, prompto e certo, embora penoso para suas forças, a subsistencia do dia subsequente para sua mãi e seus irmãos menores.

Quando descançava, ou tinha folga de seu trabalho, se dava ao cultivo da poesia. «Pallido e sempre meditabundo, suas poesias — disse O' Barão de Santo Angelo — parece que elle as escrevera já sentado no esquife; ellas têm a côr 40 luto e o halito da sepultura; ha nellas um veu de tristeza, como a mortalha que o vestiu.» E com effeito pouco viveu; porém, na expressão do doutor L. F. da Veiga — a vida de Dutra e Mello « que aos 23 annos morreu virgem (di zem-no todos), anjo, sabia e genio, foi um breve, mas preciozo curso de moral publica e privada. »

Era sacio correspondente da sociedade polytechnica de Paris, e de diversas associações scientificas e litterarias do imperio, e escreveu:

A noite de S. João no collegio de instrucção elementar ou collecção de charadas offerecidas à mocidade estudioza, que o frequenta, por um professor e ex-discipulo do mesmo collegio. Rio de Janeiro, 1841, 1842 e 1843. 3 vols. — Foram publicadas tres annos consecutivos, contendo a 1ª collecção cento e cinco charadas; a 2ª cento e quatro; e a 3ª cento e oito. Nesta época as charadas constituíam um agradavel entretenimento nos salões.

Novo curso pratico, analytico, theorico e sinthetico da língua ingleza por Th. Robertson, traduzido e applicado á lingua portugueza por Antonio Francisco Dutra e Mello e João Maximiano Mafra: obra adoptada pelos professores George Gibson e Joseph Plaisant e offerecida á estudiosa mocidade brazileira. Rio de Janeiro, 1842.