Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/208

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
183
AN


á estampa. O doutor A. H. Leal suppõe que se perdera no naufragio em que morreu o autor, ou que foi roubada na cidade de Alcantara, onde foram ter as malas de Gonçalves Dias. Igual destino suppõe o mesmo doutor Leal que tiveram diversas poesias lyricas, ineditas, assim como alguns, senão todos os cantos dos Tymbiras, e a - Historía dos jesuitas no Brazil, inedita - Esta o1;)ra julga-se ter o autor completado em vista de um prologo que se achou entre seus papeis. - Patkull: drama em dnco actos, inedito - Foi escripto em Coimbra em 1843 sobre 11m facto da historia de Carlos xn. - Beatr'z Cenci: drama em cinco actos, inedito - Foi tambem escripto em Coimbra em 1844. - Boabdil " drama em cinco actos, inedito - Foi escripto no Rio de Janeiro em 1860. - Meditação - escripta no Maranhão em 1846, em estylo biblico. Sahiu á luz apenas um fragmento no Guanabara, tomo 10 pags. 101, 125 e 171, e seguintes.

Antonio Gonçalves Gomide - Natural de Minas Geraes, nasceu pelo anno de 1770 e faUeceu a 26 de fevereiro de 1835. DoutOl" em medicina pela universidade de E imburgo, foi escolhido senador do imperio por decreto de 22 de janeiro de 1826, e escreveu: - Impt!gnação analitica do ea;ame feito pelos clinicos, Antonio Pedro de Souza e Manoel Quintão da Silva, em uma rapariga que julgaram sa1tta, na capella de Nossa Senhora da Piedade da Serra, proxima a villa Nova da Rainha de Caethé, comarca de Sabará, offerecida ao ... doutor Manoel Vieira da Silva, etc. Rio de Janeiro, 1814, 32 pags. in40 - Sahiu sob o anonymo, e o autor na carta dedicatoria ao dr. M. Vieira da Silva pede-lhe p rmissão para não revelar seu nome. - Maa;imas moraes do senador Antonio Gonçalves Gomide - Publicação posthuma, feita em 1876, no volume intitulado Ramalhete de fiares de dorta Emilia Augusta Gomide PeniJo, neta do autOt·, de quem tratarei adiante, de pags. 117 a 150. São 77 maximas de muita moralidade, proprias para firmar uma boa educação sobre os mais solidos principios da religião e dos deveres do homem.

Antonio Gonçalves Nunes, Barão de Igal"apé-mirim. E' natural da provincia do Pará, formado em sciencias sociaes e juridicas pela faculdade de Pernambuco; serviu muitos annos como director da instrucção publica em sua provincia, e se acha hoje aposentado, sendo . agraciado com o titulo de Barão de Igarapé-mirim a 3 de março do corrente anno, e escreveu, além de alguDs - Relatot'ios sob,'e a instrucção publica - que não pude ver: - O conego M anoel Jose de Siqueira Mendes, e as ruinas do Pará. Pará,1875.