Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/338

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Melodias e distracções: poesias. Maceió, 1871 — Este volume foi applaudido pela imprensa da provincia, onde me parece que se limitou a distribuição delle, como é de estylo, e por isso passam desapercebidas, muitas vezes, producções litterarias de bastante merito e interesse.

A maçonaria e a igreja. Maceió, 1871 — Depois de ter o autor feito uma conferencia publica sobre este assumpto, na qual defende a maçonária de ataque que lhe são feitos, publicou este trabalho, em virtude do qual lhe foi conferido o grau 18 pelo Oriente unido dos benedictinos.

Os amantes disfarçados: comedia em um acto — Ainda não foi impressa; mas foi representada no theatro de Maceió com muito applauso.

Pelos Santos se beijan as pedras: comedia — Idem.

Os tres dominós: comedia — Idem.

Scenas escolares: comedia — Idem. Estas comedias têm sido levadas á scena de 1870 a 1876.

Diversos discursos — pronunciados como orador da loja maçonica Perfeita amizade alagoana, publicados no periódico Labarum, orgão da maçonaria. Maceió, 1784 — 1876.

Flores e lagrimas: romance — Inedito. Este romance é escripto sobre um facto veridico ao gosto do Raphael de Lamartine ou da Grasiela, e intercallado de verso.

Depois de seu segundo volume de versos, Silva Jucá. tem publicado muitas poesias em avulso, algumas das quaes têm sido reproduzidas dos jornaes de Alagôas para o Eco americano, o 'Jornal do Recife, e outros. Entre estas poesias conheço as seguintes:

Plus ultra. Imprensa e vapor — No Liberal, de Maceió, em outubro de 1871, e no Eco americano de 31 de maio de 1872.

Ao Brazil, Aleta! — No Liberal, 1873.

Saldanha Marinho — No periodico Palavra, 1876.

Jose de Alencar — No Jornal das Alagôas, 1877.

O General Osorio (por occasião de sua morte) — No Liberal, em outubro de 1879. E' offerecida á redacção deste jornal.

Têm sido attribuidas a Silva Jucã, não sei com que fundamento as

Bernardiadas ou a fraude eleitoral de Sant'Anna de Ipanema: poema heroi-comico-satirico. Maceió, 1882 — Este poema tem por assumpto as eleiçõe á assembléa geral legislativa, em 1881, do 5º districto, em que foi dado o diploma de deputado ao bacharel Bernardo de Mendonça Sobrinho, sendo pela camara reconhecido outro como deputado.


Antonio Seciozo Moreira de Sá — Natural do Rio de Janeiro e nascido a 3 de fevereiro de 1833, fez o curso da faculdade de medicina, onde se doutorou em 1858, e estabeleceu-se como clinico na cidade de Campos de Goitacazes; d'ahi passou para a côrte, onde reside, e se tornou notavel sectario das ideias, ditas ultramontanas, por occasião da