Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/339

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
314
AN


questão, chamada religiosa, que abalou o catholicismo brazileiro, escreveu sobre este assumplo àlguns artigos no periodico Apostolo, e mais:

Acção do cração na circulação do sangue. Quaes as forças que presidem a circulação do sangue? Das causas do parto. Propriedades geraes dos corpos: these inaugural Rio de Janeiro, 1858, 99 pags. in-4º com tres estampas. Sei que é das theses mais importantes, sustentadas na faculdade da côrte.

A missão na cidade de Campos. Rio de Janeiro, 1868 — Vem reproduzida em 5 numeros do Correio Mercantil do dito anno. E' dividida em cinco capitulas.

Necessidade absoluta do ensino da philosophia catholica nos seminarios episcopaes : memoria offerecida ao episcopado brazileiro. Rio de Janeiro, 1866, 136 pags. in-8º — Esta obra termina com uma protestação.

O Zuavo da liberdade. Rio de Janeiro, 1872 — Esta obra, em que o doutor Seciozo exalta a curia romana, defendendo-a de certas accusações, é precedida de uma carta firmada pelo bispo do Rio de Janeiro dom Pedro M. de Lacerda, e de uma carta que o autor dirige a monsenhor Esberard.

A sombra de Luthero : refutação da pastoral do padre Luthero. Rio de Janeiro, 1873.

As corporações religiosas no Brazil : reflexões sobre seu estado e reforma. Rio de Janeiro, 1876, 103 pags. in-8.º


Antonio de Senna Madureira — Natural da provincia da Bahia, onde nasceu em 1841, fez no Rio de Janeiro o curso de estado-maior de primeira classe, e recebeu o grau de bacharel em mathematicas e sciencias physicas; e seguindo a carreira militar, assentou praça em 1858, foi promovido a alferes alumno em 1859, a segundo tenente em 1861, a primeiro tenente em 1862, capitão em 1867, major em 1875, e tenente-coronel em 1880.

Tem exercido diversas commissões importantés no imperio, e tambem na Europa e serve actualmente como membro da secção de trabalhos graphicos no archivo militar; é official da imperial ordem da Roza, cavalleiro das do Cruzeiro e de Christo, condecorado com a medalha da campanha do Paraguay e escreveu :

A guerra do Paraguay : resposta ao senhor Jorge Thompson, autor da guerra do Paraguay, e aos annotadores argentinos D. Lewis e A. Estrada. Rio de Janeiro, 1870, 334 pags. in-8º, com uma carta.

Manuscripto de mil oitocentos sessenta e nove ou resumo historico das operações dirigidas pelo marechal do exercito Marquez de Caxias na campanha do Paraguay por Brasilicus. Rio de Janeiro, 1872, 180 pags. in—8º — Esta obra tambem foi attribuida ao coronel, hoje brigadeiro, José Basileu Neves Gonzaga. Entre a immensidade de pubicações