Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/365

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
340
AR


Primeiras proezas de Richelieu: comedia em dous actos. Traducção feita com Arthur Barreiros.

O Rio de Janeiro em 1877: revista satyrica e burlesca em um prologo, tres actos e dezeseis quadros, original, de sociedade com Lino de Assumpção e musica de diversos.

O Alfacinha: scena comica em verso, original.

Keller e Fagundes: dialogo comiço, original.

A exposição portugueza: monologo comico, musica de F. de Sá Noronha.

Anjo do mal: drama em cinco actos e oito quadros. Traducção livre.

O rei das areias de ouro: drama em cinco actos. Traducção.

A perola negra: drama em cinco actos e sete quadros. Traducção livre.

As mulheres do mercado: drama em cinco actos e dez quadros, com musica de Carlos Cavallier.

As mascaras de bronze: drama em cinco actos e seis quadros por A. d'Ennery. Traducção.

O filho de Coralia: drama em qnatro actos de Delpit. Traducção — Foi levado á scena no theatro Recreio dramatico e depois no theatro Lucinda a 23 de julho de 1881. Ha outra traducção deste drama, escripta para outro theatro desta côrte pelo distincto litterato e redactor da Gazeta de Noticias, Henrique Chaves.

O Liberato: comedia em um acto, original, brazileira — Foi á scena pela primeira vez neste theatro a 19 de setembro de 1881.

O dia e a noite: opera buffa em tres actos de Vanloo e Letterrier. Traducção com musica de Lecoq — Foi representada muitas vezes no theatro Sant'Anna em 1882.

Os tres boticarios: comedia em tres actos de Anicet Bourgeois. Traducção — Foi representada no dito theatro a 10 de abril de 1882 pela segunda vez.

A Mascote na roça: comedia em um acto — Foi representada pela primeira vez no Recreio dramatico a 15 de maio de 1882, e publicada na Gazetinha.

Coquelicot: opera comica em tres actos por Armando Silvestre, Traducção — Levada á acena do theatro Sant'Anna em julho de 1882. A musica desta opera é composição de Luiz Varney.

Casa de Orates: comedia em tres actos, original brazileiro dos irmãos Arthur de Azevedo e Aluizio de Azevedo — Foi pela primeira vez levada á scena no mesmo theatro a 28 de agosto de 1882.

Genro e sogro: comedia em um acto de Labiche, accommodada á scena brazileira — Idem com a precedente.

A flor de liz : opera comica em tres actos, accommodada á scena brazileira pelos irmãos Arthur e Aluizio de Azevedo, musica de Leon Vasseur — Foi levada á acena pela primeira vez no theatro Sant'Anna a 26 de outubro de 1882.