Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/368

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
343
AS


Theophilo Gautier e sua irmão Judith Gautier, Leconté de Lisle, o celebre livreiro Alphonse Lemerre e outras notabilidades ; e de volta á patria, foi professor livre de diversas materias e por ultimo professor do collegio de Pedro II. Era tão versado na lingua franceza, como na patria, e possuia um vasto cabedal litterario. Sua morte foi annunciada por toda a imprensa diaria da côrte, que por entre phrases repassadas de doloroso sentimento, põe em relevo os bellos dotes de seu espirito. « Era — diz o Cruzeiro —um dos talentos mais vigorosos da geração nova que teria occupado um logar muito distincto entre os nossos homens de lettras, si a morte o não colhesse tão cedo.» Escreveu:

A rua do Ouvidor: monographia fluminense. Rio de Janeiro, 1873 — Sahiu sob o pseudonymo de Bento Gonçalves.

Flexas. Rio de Janeiro, 1873, in-8.°

Flexas: chronica quinzenal de politica, litteratura e costumes. N. 2. Rio de Janeiro, 1873, in-8° — Neste escripto e no precedente usa ainda o autor do pseudonymo de Bento Gonçalves.

These de concurso á cadeira de professor substituto de rhetorica, poetica e litteratura nacional do collegio de Pedro II. Rio de Janeiro, 1879.


Arthur Rodrigues da Rocha — Sei apenas que é natural da provincia do Rio Grande do Sul e filho de José Rodrigues da Rocha a quem dedica o segundo dos seguintes volumes que escreveu:

José: drama. Porto Alegre, 18** — Foi representado e muito applaudido na provincia do autor.

O filho bastardo: drama em tres actos, escripto expressamente para ser representado pela sociedade dramatica particular luso-brazileira e lido na 9ª palestra dos Ensaios litterarios a 31 de outubro de 1875. Porto Alegre, 1876, in-8° — Neste mesmo volume andam annexas as duas peças:

Anjo e sacrificio: comedia em tres actos.

Por causa de uma camelia, ou um marido por meia hora: comedia em um acto.


Ascanio Ferraz da Motta — Filho de João Borges Ferraz e de dona Anna Lopes Ferraz, nasceu na cidade da Cachoeira, provincia da Bahia, em 1822 e falleceu no Rio de Janeiro em julho de 1871.

Doutor em medicina pela faculdade da Bahia, sentindo-se com vocação para o commercio, empregou alguns bens de fortuna que possuia, abrindo na capital de sua provincia uma casa de fazendas e modas, associado a outro ; mas foi tão infeliz, que ao cabo de alguns annos de poucos lucros, verificados pelos balanços, veiu a fallir, tendo sempre gozado da reputação de honrado e tenido servido muitos annos durante sua vida commercial na directoria da caixa economica, de que era accionista.