Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/372

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
347
AU


Augusto Carlos da Silva Telles — E' natural da provincia de S. Paulo, filho do doutor João Carlos da Silva Telles, e engenheiro pela escola polytechnica. Regeu na qualidade de professor interino desta escola a segunda cadeira do segundo anno docurso de artes e manufacturas, e escreveu:

— Relatorio dos exercicios praticos de physica e chimica industrial, apresentado, etc. Rio de Janeiro, 1880, in-4.°


Augusto Carneiro Monteiro da Silva Santos — Natural do Recife, e filho de João da Silva Santos e de dona Maria Felicia da Silva Santos, nasceu em 1832 e falleceu entre os annos de 1879 e 1881.

Doutor em medicina pela faculdade da Bahia, foi professor de mathematicas e tambem de rhetorica em sua provincia e escreveu:

De tuberculisatione nonullæ propositiones: theses ad quam, Deo adjuvante, palam propugnandam nititur in bahiense medecinæ facultate, etc. Bahia, 1854.

Arithmetica elementar — Sahiu na Revista da instrucção publica de Pernambuco, anno 1°, pags. 79, 120, 155, 190,284, 330 e 334, e anno 2°, pags. 15, 18 e 125, continuando ainda. Não sei si foi publicada em volume.

Consta-me que ha de sua penna um

— Compendio de rhetorica — que nunca si foi impresso. Era o compendio, por que leccionava a seus discipulos.


Augusto de Carvalho — Natural de Campos, provincia do Rio de Janeiro, d'aqui passou para Portugal e fez o curso de direito na universidade de Coimbra, voltando á patria depois de sua formatura. Cultor desvelado das lettras desde muito joven, dedicou-se ao jornalismo muito cedo, e actualmente tem um collegio de educação em sua provincia.

Escreveu:

Questões internacionaes. Porto, 1873, in-8.°

Estudo sobre a colonisação e emigração para o Brazil. Porto, 1874, in-8.°

O Brazil. Colonisação e emigração: esboço historico, baseado no estudo dos systemas e vantagens que offerecem os Estados-Unidos, contendo um specimen das cartas de doações e foraes de capitanias, o regimento dado ao primeiro governador geral do Brazil, alvarás, cartas régias e outras leis dos tempos coloniaes, e todas as disposições da legislação brazileira, que mais particularmente interessam aos estrangeiros que pretendem estabelecer-se no imperio. Porto, 1875, 509 pags. in-8° — Esgotada logo a edição, publicou:

O Brazil, etc. : segunda edição revista e acrescentada, contendo uma noticia desenvolvida do descobrimento e colonisação da America do norte, consolidação da grande republica, progressos interiores do paiz,