Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/78

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


- Revista Muzical: 1º o Fausto e a critica; A estréa da senhora Cinira Polonio; O rei Lahore e a critica; Como consideram esta opera; O libreto do senhor Luiz Gallet; A força do destino; Verdi, Scudo e Lagenevais. 2º Guarany; Passagens imitativas; O absurdo musical, segundo a opinião de Berlioz; Uma symphonia de Liszt; What Bottesine; O oratorio de S. Pedro - Sahiu na Revista Brazileira; Rio de Janeiro 1879.

Ultimamente, estabelecendo-se no Rio da Prata, Alfredo Bastos redige:

- A Patria: orgão dos interesses da colonia brazileira no Rio da Prata Montevidéo, 1881-1883 - E' seu collega na redacção deste jornal, seu patricio o doutor Cassio Farinha. Alli publicou elle:

- Lola: romance de costumes - que consta ser tambem impressoem volume, ou o será brevemente.


Frei Alfredo de Santa Candida Bastos - Natural do Rio de Janeiro, aqui falleceu entre os annos de 1873 e 1874.

Era religioso da ordem carmelitana, cujo habito recebeu no convento do Rio de Janeiro, professor da lingua latina do extincto lyceu do mesmo convento, onde occupou alguns cargos, sendo procurador geral da ordem na época de seu fallecimento, e prégader da capella imperial.

Escreveu:

- Necrologio em honra de dom frei Pedro de Santa Mariana, bispo de Chrysopolis, esmoler-mór de sua magestade imperial, etc.; recitada por occasião das exequias do mesmo bispo, Rio de Janeiro, 1864, 12 pags. in-4.º


Alfredo Candido Guimarães - Nasceu na cidadede S. Sebastião do Rio de Janeiro, onde fez todos os seus estudos, inclusive os da faculdade de medicina, em que se doutorou em 1861. Foi depois disto á Europa, e ahi se dedicou ao estudo das sciencias cirurgicas; e de volta ao Brazil, serviu algum tempo no corpo de saude do exercito, marchou para a campanha do Paraguay em junho de 1865; mas voltando este mesmo anno ao Rio de Janeiro, pediu e obteve sua demissão do exercito.

E' membro correspondente do instituto pharmaceutico do Rio de Janeiro e escreveu:

- Da operação da versão: dissertação, Do apparelho genital da mulher. Do esporão de centeio, considerado pharmaceutica e therapeuticamente. Do arsenico e suas preparações: proposições. Rio de Janeiro, 1861.

- Breves considerações sobre o estudo e exercicio da medicina no Brazil e na França. Paris, 1863 - Esta obra foi escripta e publicada quando o auctor viajava pela Europa.


Alfredo Carlos Pessoa da Silva - Sei apenas que nasceu na Bahia, e consta-me que se formara, mas não sei em que faculdade.