Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v2.pdf/401

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


FR

Francisco Antonio de Andrade e Silva.,..Natural da. Bahia, viveu na época da indepenuencia e exercia, si não me engano, o cargo de vereador da Camara Municipal da antiga villa de Sergipe do Conde, quando escreveu: - Exposição da collocação do retrato do Senhor D. Pedro de Alcantara, l° imperador do Brazil, na casa da camara da villa de S. Francisco de Sergipe do Conde, na provincia da Bahia. Rio de Janeiro, 1825, 27 pags. in-4°. Francisco Antonio de Azevedo - Filho de Antonio Ferreira de Azevedo, nasceu na cidade de Goyaz a 7 de setembro de 1815 e falleceu alli em outubro de 1884. Doutor em medicina pela faculdade do Rio de Janeiro, entrou para o serviço militar de saude em 1845 com o posto de alferes cirurgião aju"1ante, e subiu successivamento até o de tenente-coronel cil'urgião-mór de divisão, em que reformou-se, sendo cavalleiro da ordem de S. Bento de Aviz. e escreveu: - Algumas considerações acerca da importancia e hygiene dos hospitaes civis: these que foi apresentada a faculdade de medicina, etc. Rio de Janeiro, 1844, in-4°. - Mant'a~ de agriculturae~ementar, precedido de algumasconsic;lerações geraes a respeito do auxilio á lavoura do Brazil. Goyaz, 1875, in-4°. Francil!lco Antonio Brandão - Natur I da provincia do Mitranbão e doutor em sciencias naturae:; pela Universidade de Bruxellas, foi por varias vezes deputado ii. assembléa de sua provincia, e ahi, segundo me consta, se deu ao magisterio como professor da instrucção superior. Escreveu: - A escravatura no Braza, precedida de um artigo sobre a agricultura e colonisação no Maranhão. Bruxella::;, 1865, 188 pags. in·12° - Este livro é dedicado ao Dr. Luiz Pereira Barreto, de quem farei menção no lagar competente e que cursara com o autor a mesma universidade seguindo, porém, o curso medico. Francisco Antonio Oarneiro da Ounha-E' natural da antiga provincia da Parahyba, major bonorario do exercito, bacharel em matbematicas, lente substituto da escola polytechnica e catbedratico do curso superior da escola; militar, cavalleiro da ordem da Rosa e da. de Cl1risto, condecorado com a medalha da campanha do Pal'aguay, tendo servido no exercito, e reformando·se com o posto de capitão. Escreveu: - Os herdes pamhybanos na campanha do Paraguay de 1865. Rio