Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/77

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


cial, com o seu retrato, a 21 de Fevereiro de 1892, dia de seu anniversario natalício.

Dirigiu tambem a publicação do «Mephisto», orgam dos Conspiradores Infernaes de cuja directoria fez parte.

No Rio de Janeiro, para onde foi em 1898 tratar-se por enfermo, e tem permanecido, foi um dos socios fundadores do «Centro Cearense» a cuja directoria pertenceu até Janeiro de 1901, quando renunciou o cargo. Tambem é socio da importante Associação dos Empregados do Commercio do Rio de Janeiro, de que possue o diploma de honra.


Antonio Ambrosio Carneiro (Dr.) — Filho de Joaquim Carneiro da Costa e D.ª Leocadia de Castro Carneiro, sobrinha do C.el Antonio Pereira de Brito Paiva, nasceu em Fortaleza.

Tendo-se transportado para a Bahia, frequentou alli a Faculdade de Medicina pela qual se doutorou. Clinica actualmente no Estado do Amazonas.

Escreveu :

— Considerações sobre a Occlusão intestinal e methodos de seu tratamento especialmente o Cirúrgico, these de doutoramento apresentada á Faculdade de Medicina da Bahia em Novembro de 1898, Bahia, Imprensa Economica, 16 Rua Nova das Princezas.


Antonio Americo Pereira da Silva — Reformado pela compulsória em General.

Filho de João Pereira da Silva e D.ª Anna Rosa dos Santos Silva, e natural de S. João dos Inhamuns. Conta 63 annos de edade.

Assentou praça em 1861 e matriculou-se na Escola Central em 1863.

A 26 de Dezembro de 1864 interrompeu os estudos, para seguir com a brigada expedicionária, que então embarcava a reunir-se ao exercito, que marchara contra o governo do Estado Oriental do Uruguay, e fez parte do exercito, que sitiou Montevidéo até o convênio de 20 de Fevereiro de 1865.

Dahi seguiu com o exercito, que marchou contra o Paraguay

58