Página:Dom João VI no Brazil, vol 2.djvu/327

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


DOM JOAO VI NO BRAZIL 891

de Janeiro o centre unico de toda a instrucgao publica bra- zileira" (i).

O Institute Academico, por alguns denominado Uni- versidade, que Dom Joao VI deliberara fundar no Rio com o donativo do commercio da capital, feito para commemorar sua acclamagao e cujo rendimento devia ser perpetuamente applicado a estabelecimentos que promovessem a instrucgao nacional, obedecia ao mesmo ideal de unidade ou centrali- zagao pedagogica (2).

Todos os descobrimentos novos que a Sociedade ideada por Stockier fossem devidos, ou para os quaes contribuisse de algum modo, bem depressa seriam transmittidos aos pro- f essores respectivos ; e o mesmo succederia em quanto aos descobrimentos feitos em outros paizes, pois que, por hypo- these, estaria a sociedade em correspondencia activa com elles, e transmittiria depois o que chegasse ao seu conhecimento. Para a constituigao da Sociedade Real, seria possivel attrahir alguns estrangeiros sabios, que o estado publico da Franga e da Allemanha obrigava a expatriarem-se. A instrucgao pu blica seria dividida em 4 graos, sendo as respectivas escolas denominadas pedagogias, institutes, lyceus e academias e abrangendo, as primeiras, os conhecimentos que a todos sao necessaries, qualquer que seja o seu estado e profissao; as segundas, o desenvolvimento da maior parte d estas nogoes e os conhecimentos essenciaes aos agricultores, artistas e com- merciantes; as terceiras, os conhecimentos scientificos que

��(1) Jos6 Silvestre Ribeiro, Historia dos Estabelecimentos scientificos etc. Lisboa, 1871-93.

(2) Resava o Aviso respective que o Rei mandaria unir fls cadeiras das iscie-ncias que ja .existiam n>a corte "aquellas- que :de mals se houverem de crear, em ordeni a completar hum Institute Acade mico que comprehenda, nao s6 o ensino das Sciencias. mas tambem o das Bellas Artes, e o da sua applieacjio a Industvia."

D. J. 06

�� �