Página:Dom João VI no Brazil, vol 2.djvu/375

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


DOM JOAO VI NO BRAZIL 939

mudanga da corte para o Rio de Janeiro, uma profunda alteragao nas suas condigoes mercantis, economicas, intelle- tuaes, sociaes e politicas. De facto ganhara a independencia que seria consummada em 1822, mas que ja antes se fizera sobremodo clara e evidente.

D aquella alteragao foram varios os instrumentos, varios mesmo os agentes, mas fautor constante foi o monarcha que alii, na sua colonia americana, se acolhera n um momento dramatico, alii gosara bem estar physico ( I ) , satisfaccoes mo- raes e ate triumphos bellicos, alii desejaria ter descangado para sempre, e pelo menos alii fundou e deixou uma dynastia para guiar os destinos da nova nacionalidade no encalgo das suas honrosas tradigoes.

Dom Joao VI nao foi o que se pode chamar um grande soberano, de quem seja licito referir brilhantes proezas mili- tares ou golpes audaciosos de administragao : nao foi um Fre- derico II da Prussia nem um Pedro I da Russia. O que fez, o que conseguio, e nao foi afinal pouco, fel-o e conseguio-o no emtanto pelo exercicio combinado de dous predicados que cada um d elles denota superioridade : um de caracter, a bon- dade, o outro de intelligencia, o senso pratico ou de governo. Foi brando e sagaz, insinuante e precavido, affavel e pertinaz.

Da sua amabilidade contam-se tragos de captivar. Quan- do a Archiduqueza Leopoldina, apoz a cerimonia do casa- mento, chegou a Sao Christovao, que tinha sido preparado para receber os nubentes, encontrou nos seus aposentos parti-

��(1) A nao scr a conhecida molostia da pcrna, que alguns dizem ter sido uma ulcera rebelde, e provavelmente nao passava das lympha- tites de que depois, em Lisboa, o Rei continuou com frequencia acha- cado, o estado de saude de Dom JoSo no Brazil foi sempre o mais sa- tisfactorio.

�� �