Página:Dom João VI no Brazil, vol 2.djvu/405

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


DOM JOAO VI NO BRAZIL 969

culpturas douradas e fechavam-se dos lados com pesadas cortinas de velludo e seda, bem agaloadas (i).

Afora esse bulicio normal, as ruas do Rio de Janeiro mais vida ainda tomavam amiudo com as funcgoes do culto, entre as quaes primavam as procissoes, que eram repetidas, fornecendo occasiao e pretexto para as elegancias femininas e as pompas das irmandades. Debret enumera e descreve sete principaes: a de Sao Sebastiao, a 28 de Janeiro, oito dias depois da festa do padroeiro da cidade; a de Santo Antonio na quarta-feira de Cinzas; a do Senhor dos Passos, na se- gunda sexta-feira da quaresma ; a do Triumpho, na sexta- feira que precede o domingo de Ramos; a do Enterro, na sexta-feira santa; a do Corpo de Deus, e a da Visitagao, a 2 de Julho, todas com o seii infallivel cortejo de soldados de barretina dependurada do ante-brago, estandartes e guioes religiosos, congregates sacras e leigas, musicos e cantores da Real Capella, camaristas e outras pessoas gradas, inclu sive os mais elevados figmroes da corte, nos seus uniformes bordados.

Passavam os prestitos ao som das musicas, dos canticos e dos foguetes por entre multidoes compactas que acudiam por devogao e por prazer, havendo sempre n esses dias um farto negocio de doces e bolos com que lucravam as negras quitandeiras, e um grande commercio de balas, cuja lojinha mais reputada e afreguezada ficava a rua da Ajuda.

Na procissao de Sao Sebastiao o orago ostentava a fita e placa em diamantes de commendador de Christo, cuja patente recebera e cuja tenca era applicada ao custeio da sua capella. Mais brilhante e vistosa desfilava porem a de

��(I) I f-bret, ol). cit. von Loithold cala de que cor eram as Frcn- (lcnniti.iTfln 11 (1 " pvimeira class? na sua, exprc ssa-o 1 , de que d& noticla.

�� �