Página:Echos de Pariz (1905).pdf/143

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


XII

O Snr. Barthou — A «Antigone» de Sophocles — «Les Rois» de Jules Lemaitre

 

Houve em França subitamente uma queda, ou antes um desconjunctamento de ministerio. Os ministros, que eram uns de substancia radical e outros de substancia conservadora, estavam mal grudados. O calor das primeiras discussões, na camara nova, descollou estes pedaços heterogeneos de poder executivo. Immediatamente porém se manufacturou outro governo. E a unica feição d’esta crise, digna de ficar nas chronicas, foi o ter apparecido de repente, e por motivo d’ella, um homem de Plutarcho.

Este homem é o snr. Barthou.

É necessario reter este nome — Barthou — porque elle representa um justo. A Biblia diria «vaso de eleição»; mas esta imagem é arriscada e dá logar a equivocos lamentaveis, quando se trata de homens e de cousas parlamentares.