Página:Escudo admiravel para os males da vida.pdf/27

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


soccorrer, e patrocinar; e vindes a adquirir hum Santo direito, para os obrigar a que vos amem, e que se lembrem de vós: bem lhes podeis dizer com toda a efficacia, o que Moisés repetia ao pôvo: Amate peregrinos; quia, & ipsi fuistis advenæ in terra Ægypti. (Deuter. c. 10. v. 19.) Amai-nos, que somos peregrinos, porque vós tambem o fostes na terra do Egypto. Já que tocamos neste ponto da nossa conveniencia (que talvez he o mais agradavel ao nosso amor proprio) naõ o ponderemos taõ ligeiramente; vamos mais adiante, porque saõ inexplicaveis os nossos lucros nesta devoçaõ. Nella temos hum Escudo admiravel para os males da vida, huma Torre fortissima para o instante da morte, e hum Patrocinio efficaz no Divino Tribunal. Que maior póde ser a conveniencia, sendo isto o resumo de roda a felicidade, porque suspiramos, os que tambem andamos desterrados, e peregrinos neste mundo? Porque primeiramente saõ innumeraveis os

ma