Página:Fabulas de Esopo.djvu/92

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
92
FABULAS

livre, ando por onde quero, cômo viandas preciosas, e assento-me á meza com o Rei, e dou beijo nas mais formosas damas. Tu malaventurada, sempre andas trabalhando. Respondeo a Formiga: Tu es douda ociosa. Se pousas huma vez em prato de bom manjar, mil vezes comes sujidades e immundicias aborrecidas de todos; se te pões no rosto da dama ou á meza com o Rei, não he por sua vontade, senão porque tu es enfadonha e importuna.

MORALIDADE.

Desta Fabula aprendamos o pouco que valem homens ociosos e importunos como moscas, que se gabão diffa-