Página:Flora pharmaceutica e alimentar portugueza.djvu/67

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


E ALIMENTAR PORTUQUEZAí ^() mas virtudes^ posto que de género dif- ferente ; e accrescento^ que neste exem- plo tem quanto precisão os que perten- detn adivinhar a conformidade das nnirtudes dos vegetaes pela afinidade botânica. Lonicera. Calyx de cinco dentes ; corolla tubulosa , longa , orla partida em cinco lacinias, encaracoladas para fóra , desiguaes ; estigma capitoso ; baga quasi redonda, bilocular, polysperma. . L. caprifolium. Em Port, Madre-silva capri-^ na. Flores verticilladas, terminaes , rentes folhas ci- meiras adunadas-enfiadas. Habita frequente nos tapumes nos arredores de Coimbra , e quasi em todo o Reino. Floresce em Junho , e Julho. Arbusto. Faço menção desta espécie ^ porque ^ se» gundo Scroder ^ pôde usar-se promis^ cuamente com a seguinte. . L. periclymenum. Aíadre-silva ordinária , ou periclymena. Cabeças das flores ovadas, imbricadas, termi- naes ; folhas todas distinctas. Fharm. caules. Caules roliços, d' hum cinzento pallido, glabros, articulados , ramosos •, ramos oppostos nas ar- ticulações, semelhantes, de casca ténue, longi- tudinalmente ocos no centro. H 2