Página:Flores do Mal (1924).pdf/149

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

LII

O meu Gato


1


No meu cérebro passeia,
Como em país conquistado,
Um gato, forte e bonito,
Muito meigo e sossegado.

O metal da sua voz
É sempre rico e profundo,
Quer mie baixo, fagueiro,
Quer mie forte, iracundo.