Página:Flores do Mal (1924).pdf/217

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

LXXX

Tédio


Tenho as recordações d’um velho milenário!

Um grande contador, um prodigioso armário,
Cheiinho, a abarrotar, de cartas, memoriaes,
Bilhetinhos de amor, recibos, madrigaes,
Mais segredos não tem do que eu na mente abrigo.
Meu cer’bro faz lembrar descomunal jazigo;
Nem a vala comum encerra tanto morto!