Página:Flores do Mal (1924).pdf/50

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Precisas, para obter o triste pão diário,
Fazer de sacristão e de turibulário,
Entoar um Te-Deum, sem crença nem fervor,

Ou, como um saltimbanco esfomeado, mostrar
As tuas perfeições, através d’um olhar
Onde ocultas, a rir, o natural pudor!