Página:Herculano, Alexandre, História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal, Tomo II.pdf/265

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


da colera d'elrei. Pelo que tocava á revocação do nuncio, declarava que, se D. João iii insistisse nella, dando-se tempo para se lhe escolher successor, o faria retirar, mas sem demonstrações de desagrado, no qual só poderia incorrer Capodilerro se lhe fosse provada culpa. O pontifice, que a principio titubeiara diante da aggressão do embaixador, accendendo-se gradualmente, concluiu tambem por fazer graves recriminações. O que elrei não queria, quanto a elle, era que houvesse nuncio em Portugal; que não descansara sem expulsar Sinigaglia, e que procurara pôr obstáculos á enviatura de Capodiferro. Declarava, porém, que, se era esse o alvo a que se tendia agora, o mais conveniente sería falar claro; mas que se lembrassem de que, se a sancta sé enviava delegados aos paizes catholicos, era para o melhor serviço da igreja, e para poupar aos povos o incommodo e a despeza de irem sollicitar em Roma os despachos e graças apostolicas de que tantas vezes careciam[1].

Esta explosão iracunda do papa subministrava a D. Pedro Mascarenhas ensejo para lhe

  1. Ibid.