Página:Herculano, Alexandre, História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal, Tomo II.pdf/302

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


exemplo singular da abjecção extrema a que o desenfreiamento das paixões pôde conduzir o homem[1].

Obtida a expedição da bulla de 12 de outubro, os agentes dos christãos-novos remetteram-na para Portugal por um expresso. Segundo parece, o procedimento de Duarte da Paz tinha achado imitadores entre os da sua raça. Havia em Lisboa varias familias hebréas que, talvez a troco da impunidade, talvez porque sinceramente seguiam a religião dominante, estavam ligadas com o partido da intolerancia. Succedeu ser o mensageiro parente de uma dessas familias e da mesma parcialidade. O ensejo para fazer um bom serviço á

  1. Consta da bulla Circumspecta de 28 de outubro de 1542 em que é revogada outra concedida a Duarte da Paz para não serem elle e os seus parentes por consanguinidade ou affinidade perseguidos ou presos pela Inquisição. Ahi diz o papa: «præfatus Eduardus postmodum christianam fidem abnega verit, et non solum ad hebraicam perfidiam redierit, verum etiam Turcarum sectam publicê profiteatur et damnabiliter sequatur»: Original no Cartorio da Inquisição no Arch. Nac. Numa carta de Pedro Domenico de 27 de abril de 1542 (G. 2, M. 2, N.° 53) allude-se a este facto de Duarte da Paz abraçar o islamismo.