Página:Herculano, Alexandre, História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal, Tomo II.pdf/311

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


preciso ter alma superior a todas as injurias para se não vingar desta; mas em nome de Deus exigia do papa que lhe pedisse a elle perdão de tamanha affronta, para evitar o castigo que a Providencia costuma reservar aos paes que desprezam e maltractam os bons filhos. Se fizera seu irmão inquisidor com abatimento da regia estirpe, conforme as opiniões humanas, fora, justamente, por dar, na imparcialidade de tal principe, uma garantia aos christãos-novos, que elles deveriam comprar a peso de ouro, se não tivessem melhor recurso nas intrigas que manejavam em Roma. Asseverava finalmente que, se descia a queixar-se e a fazer estas ponderações, era porque, pospondo os estimulos da honra offendida, só curava de obedecer á voz da propria consciencia[1].

Segundo vimos no livro antecedente, a minuta da bulla de 12 de outubro ou, por melhor dizer, os apontamentos para ella, redigidos por Del Monte, haviam sido enviados a Lisboa, afim de se dar delles conhecimento a elrei e á Inquisição, antes de definitivamente se expedir aquelle diploma. As circumstancias

  1. Ibid.