Página:Jéca Tatuzinho (1924).pdf/12

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


— Por que não traz de uma vez um feixe grande? perguntaram-lhe um dia.

Jéca Tatú coçou a barbicha rala e respondeu:

— Não paga a pena...

Tudo para elle não pagava a pena. Não pagava a pena concertar a casa, nem fazer uma horta, nem plantar arvores de fruta, nem remendar a roupa, nem nada.

A unica coisa que pagava a pena era ir á venda comprar pinga e beber.

— Por que você bebe, Jéca? diziam-lhe.

E elle respondia:

— Bebo para esquecer.

— Esquecer, quê?

— Esquecer as desgraças da vida...

E os passantes murmuravam:

— Além de vadio, bebado...

8