Página:Jéca Tatuzinho (1924).pdf/18

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Depois, prestando attenção no Jéca, e vendo como era pallido e magro, resolveu examinal-o.

Esse doutor era um medico muito estudioso e intelligente. Tinha escripto diversos livros e vivia a falar em hygiene.

Acabando o exame, o doutor disse:

— Amigo Jéca, sabe você o que você tem é doença?

Jéca concordou:

— Póde ser. Eu sinto uma canceira que não tem fim, e dor de cabeça, e uma pontada aqui no peito que responde na cacunda...

— Pois é. Você é um doente. Toda a gente xinga você de preguiçoso, mas você não passa de um doente. Você está opilado. Soffre de ankilostomiase.

— Anki... o quê? exclamou Jéca, arregalando o olho.

— Soffre de amarellão, entende? E eu vou curar você. Espere ahi!...

14