Página:Jéca Tatuzinho (1924).pdf/36

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


levar os porcos ao mercado pelo systema antigo, que levava dias e emmagrecia a porcada pelo caminho, levava-os de auto, num instantinho, buzinando pela estrada a fóra, fon-fon! fon-fon!...

As estradas eram pessimas, mas elle concertou-as á sua custa.

Jéca parecia um doido. Só pensava em melhoramentos, progressos, coisas americanas.

Aprendeu logo a ler, encheu a casa de livros e por fim tomou um professor de inglez.

— Quero falar a lingua dos bifes para ir aos Estados Unidos ver como é a coisa lá! Quero ir a Chicago dar uma prosinha com o Rei do Toicinho!

O professor do Jéca dizia:

— Estou admirado da intelligencia deste homem! Está aprendendo inglez com uma facilidade que espanta. Tambem, só fala em inglez, agora. Não diz porco, é hog. Não diz gallinha, é hen...

32