Página:Jornal das Famílias 1878 n03.djvu/3

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Esta página contém uma imagem. É necessário extraí-la e inserir o novo arquivo no lugar deste aviso.


NÓLA.


FIM.


Entretanto meu marido manda-me trazer sempre vestidos novos da moda para eu mostral-os a alguns beocios que por aqui apparecem.

Não sou feliz basta que t’o diga.

Fallemos agora de ti.

Como vaes? Quando te casas? Ainda pensas como pensavas? É constante, ou fez o mesmo que o meu?

Estou anciosa por saber e ainda mais por ver-te.

Talvez para o mez eu vá á Corte.

Desejaria bem pedir-te que viesses aqui passar uns dias ou mezes comigo; mas não t’o peço com receio de que as saudades te atormentem.

Se isso fosse possivel que prazer me darias!

Adeus, minha querida amiga, conta sempre com a minha amizade e recebe saudades, abraços e beijos da tua sincera,

Nóla.»

Palmyra pedio ao irmão de Nóla que voltasse para lhe dar a resposta no dia seguinte.

T. XVI — Março de 1878.3