Página:Memorias de um pobre diabo.pdf/62

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
52


Alves não se intimidou e asseverou;

—E', é, e é ladrão, e ladrão refinado...

O meu amigo não podia ser mais prudente do que o foi até alli. A prudencia, porém, tem o seu termo. Alves não previu que, obrigando o honrado refinador a sahir fóra do termo da prudencia uma pollegada, sugeitava-se a receber, como recebeu, na cara a escumadeira impregnada de assucar em calda a ferver. Sem esperar repetição da dóse, Alves sahio vendendo mel ás canadas.

Quinze dias depois tinha a mesma cara, menos a pelle.

Propalado o caso, deu-se ao meu amigo o cognome citado, que nada teve com a substituição do assucar trocado por arêa, como prova a carta a qual me repórto.


CAPITULO X.


Eis a carta em capitulo separado.

«Illm. Sr. (Historica.)

Presadissimo amigo.

«Inclusa remetto a V. S. uma letra sac-