Página:Meteorito de Bendegó - relatório apresentado ao ministerio da agricultura, commercio e obras publicas (...) sobre a remoção do meteorito de Bendengó do sertão da provincia da Bahia para o Museu Nacional.pdf/17

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
23
____


publicada uma Memoria sobre o mesmo meteorito, e diversos numeros de jornaes da Bahia, que publicam o decreto que extingue o elemento servil no Brazil.

E para mais solemnisar este acto, mandou rezar uma missa em Acção de Graças, pela feliz conclusão da trabalhosa e difficil travessia de 113 kilometros 603m,10 pelo sertão desta provincia.

Para constar a todo tempo do occorrido, mandou lavrar este Termo, que vai assignado por todas as pessoas presentes e por mim Humberto Saraiva Antunes, que o escrevi.


                                   José Carlos de Carvalho.
                       Engenheiro Luiz da Rocha Dias.
                          »       Humberto Saraiva Antunes.
                          »       Vicente José de Carvalho Filho.  
                          »       Aluizio Augusto Ramos Accioli. 
                          »       Antonio Theodorico da Costa Filho.  
                          »       Emygdio José Ribeiro.
                       Vigario    Firmino de Souza Estrella.
                                  Cantido Gomes de Azevedo.
                                  Alfredo Alvez Maciel.




No dia 17 foi o meteorito baldeado para a estrada de ferro. Chegou á cidade de Alagoinhas no dia seguinte ; a 21 foi removido para a estrada de ferro ingleza e a 22 chegou á estação da Calçada, na cidade da Bahia, onde se conservou em exposição até o dia 28, em que foi transferido para o Arsenal de Marinha daquella provincia.

No dia 1º de Junho foi embarcado no vapor nacional Arlindo, propriedade do Sr. Claudio Vicenzi, negociante desta praça, que gratuitamente offereceu o seu navio para conduzir o meteorito.

No dia 2 de Junho sahio o Arlindo do porto da Bahia com destino a Pernambuco, levando tambem a seu bordo o chefe da commissão, que teve ordem do Sr. presidente da Sociedade de Geographia e do Sr. Ministro da Agricultura para acompanhar o meteorito.

O vapor Arlindo chegou a Pernambuco no dia 4, e a 9 sahio directamente para o Rio de Janeiro, onde chegou a 15 do corrente mez.

Nesse mesmo dia foi retirado de bordo do Arlindo e entregue aos cuidados do Arsenal de Marinha da Corte, até o dia da sua remoção para o Museu Nacional.