Página:Negrinha- Contos (1920).pdf/87

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
             O JARDINEIRO TIMOTHEO    85

tambem, ué ! Então quer sósinho um regador inteiro ? Bôa moda ! Não vê que esta esporinha está com a lingua de fóra ? E esta bocca-de-leão, ah ! ah ! está mesmo com uma bocca de cachorro que correu veado ! Tome lá, beba, beba ! E você tambem, seu resedá, tome lá seu banho para depois casar com esta dona hortencia, moça bonita de "zôio" azul...

E lá ia...


Plantas novas que abrolhavam o primeiro botão punham alvoroço de enamorado no peito do poeta, que falava do acontecimento na copa, provocando as risadinhas impertinentes da Cesaria.

— Diabo do negro velho, cada vez caducando mais !...

Só a moça, com o seu fino instincto de mulher, lhe comprehendia as delicadezas do coração.

— Está aqui, Sinhá, a primeira rainha margarida deste anno !