Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/152

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


tolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz; não olheis para os meus peccados, mas para a fé da vossa Igreja; e dai-lhe a paz e união, segundo a vossa vontade. Vós, que, sendo Deos, viveis e reinais por todos os seculos. Amen (1).


tuis: Pacem relinquo vobis, pacem meam do vobis, ne respicias peccata mea, sed fidem Ecclesiæ tuæ, eamque secundum voluntatem tuam pacificare et coadunare digneris; Qui vivis et regnas Deus, etc. Amen.


Nas Missas cantadas, dá-se a paz depois d'esta Oração.


Senhor Jesu-Christo, Filho de Deos vivo, que por vontade do Pai, coo


Domine Jesu Christe, Fili Dei vivi, qui ex voluntate Patris, coo


___________________________________________________

(1) Faz o Sacerdote esta Oração, para pedir a Deos a paz da Igreja, e que toda esteja geralmente unida, de modo que todos os fieis, que são seus membros, formem um só corpo e uma só alma, e que com este espirito de união possão todos participar do Corpo de J.-C.

Deve unir-se o Povo com o Sacerdote, dizendo as mesmas palavras, e pedir a Deos a graça de viver em paz com todo o mundo, e de não romper por nossa culpa a união santa, que deve haver entre os Christãos, que todos somos irmãos, e todos estamos incorporados em J.-C.