Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/315

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


como a Magdalena, debulhada em lagrimas, pedindo perdão de vossas culpas, e ouvindo da divina boca as amorosas palavras; São-te perdoados muitos peccados, porque me amaste muito.


MEDITAÇÃO.


I. O Deos que occulto adoro naquelle ineffavel Sacramento intimamente me está fallando; ouve, alma minha, suas vozes amorosas: — «Dize-me, peccador, que loucura é a tua pois estando em mim todos os bens que o Céo e a terra encerrão, andas buscando bens nos charcos lodosos do mundo, e não na fonte pura d'onde todos elles manão?»

II. «Porque buscas desassocegada e trabalhosamente as sombras enganosas dos falsos bens d'esta vida, e não vens a mim que sou o autor e dador da verdadeira felicidade?»

III. «Porque andas perdido após a formosura das criaturas, e me não buscas a mim que sou a verdadeira formosura e o resplendor da gloria eterna? — Se estimas em muito a linhagem e a nobreza, quem»