Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/347

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


E que unindo a tarde á manhã formastes o dia; as sombras da escura noite caem já sobre nosso horizonte, ouvi nossas supplicas, sêde sensivel a nossos gemidos.

Não permittais, Senhor, que nossa alma, de crimes carregada, viva morta a vossos olhos; nem que, abandonando-se ao amor caduco e mundano, do peccado se faça escrava.

Fazei, Senhor, que penetrando o Céo nossas ferventes supplicas, consigão de vós o remedio que dá a vida, a fortaleza que reprime o mal, e o fogo de vosso amor que consomme as reprime o mal, e o fogo de vosso amor que consomme as reliquias do peccado.

Fazei, Senhor, que penetrando o Céo nossas ferventes supplicas, consigão de vós o remedio que dá a vida, a fortaleza que reprime o mal, e o fogo de vosso amor que consomme as reliquias do peccado.

Attendei, ó Pai piissimo, a nossas supplicas; vós que na união de vosso unico Filho e do Espirito Santo reinais por todos os seculos. Amen.

℣. Minha oração, Senhor, chegue a vós.

℟. Como incenso que se eleva até vossa presença.

Ant. O omnipotente.