Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/466

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Não temâmos pois, ainda que a terra se revolva, e os montes no oceano se despenhem.

Agitárão-se ruídosas as maritimas aguas, d'ellas batidos extremecêrão os rochedos.

Mas, em tanto horror, correm serenas as aguas do placido rio que banha a cidade de Deos amada, onde assentou seu throno augusto e santo.

Em nossos muros estará o Senhor para escudar-nos; desde o raiar da aurora, elle nos protegerá.

Embora se levantem as nações; seus imperios serão humilhados, e ao som da divina voz estremecerá a terra.

O Senhor dos exercitos é comnosco, o Deos de Jacob nos ampara.

Vinde e vede as obras grandiosas que obrou seu braço, e os prodigios de que cobrio o mundo.

Afastou de nós a guerra ate á extremidade do globo;

Quebrou o arco, fez pedaços as armas, e ao fogo lançou os escudos.

Cesse o estrondo das armas, disse o Senhor, e descançai, humanos, no seio da paz.