Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/507

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


PSALMO 119. Ad Dominum, etc.


Ao Senhor tenho invocado sempre em minha afflicção, e sempre me tem ouvido.

Defendei-me tambem agora, Deos meu, das bocas maldizentes e linguas dolosas de meus inimigos.

Cruel, que me persegues, que te fica que ajuntar aos enganos e ardis que empregas para perder-me?

Os tiros de tua envenenada lingua são como frechas agudas, disparadas por um homem robusto, e como carvões abrazadores.

Ai de mim, Senhor, que prolongado é meu desterro! Morando entre os habitantes de Cédar, e desfallecendo ha tanto tempo nesta estranha terra.

Cercado sempre de inimigos, eu que tanto amo a paz; e se lhes mostrar desejo d'ella, mais se irritão contra mim.

Gloria ao Padre, etc.


PSALMO 120. Levavi oculos meos.


Levanto meus olhos aos montes, d'onde me ha de vir o soccorro.