Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/594

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


AGOSTO 25.

S. LUIZ, REI DE FRANÇA.


Nas Laudes. Antiph. Bemdito seja o Senhor, que nos deo um mediador, a quem amou pouco menos que a David. Este duas vezes rei, pelo sangue e pela virtude, governou em paz, e está reinando nos Céos.


OREMOS. Deus, qui beatum, etc.


O' Deos, que transferistes do reino terreno para a gloria do Reino celeste ao bemaventurado Luiz, vosso confessor: nós vos supplicamos que, pelos seus meritos e intercessão, pelos seus meritos e intercessão, façais gozar a companhia do Rei dos reis, Jesu-Christo vosso Filho.

Nas Vesperas. Antiph. A suprema divindade illustra com milagres ao venturoso Luiz, no qual aos olhos de todos resplandeceo a humildade de David, a serenidade de Salomão, a verdade de Ezequias; e entre os titulos das outras graças, o fez mais plausivel aos povos a sua especial benignidade.

O verso e oração como acima.