Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/87

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


VIII. Exercicio do temor de Deos.


Deixai-me chorar um pouco a minha dôr, antes que me vá (e nunca torne) á terra da escuridão e da sombra da morte; terra de miseria e de trevas, onde a sombra da morte, e nenhuma ordem e um sempiterno horror habita. (Job, 10, 20.)

Oxalá podesseis proteger-me no inferno! e me ocultáreis até que se applacasse vossa ira, e que me pozéreis um limite em que haveis de lembrar-vos de mim! (Job, 14, 13.)

Que farei quando Deos se levantar para julgar-me? E quando me interrogar, que lhe responderei? (Job, 31, 14.)

Temi a Deos como se as ondas entumecidas caissem sobre mim, e não pude supportar o seu peso. (Ibid., ℣. 23.)

Cercárão-me as dores do inferno e os laços da morte me cingirão. (Ps. 17, 6.)

Trespassai de vosso temor as minhas carnes; vossos juizos me fazem tremer. (Ps. 118, 120.)


IX. Para a cautéla no fallar.


Andarei vigilante para não peccar com