Página:Obras de Manoel Antonio Alvares de Azevedo v3.djvu/142

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Et pourtant que le parfum d'un pur

amour est suave!

GEORGE SAND

 
Meu pobre coração que estremecias,
Suspira a desmaiar no peito meu:
Para enchê-lo de amor, tu bem sabias
Bastava um beijo teu!
 
Como o vale nas brisas se acalenta,
O triste coração no amor dormia;